Advocacia criminal em pílulas: Cautelares diversas da prisão são uma alternativa à crise COVID-19 nas prisões


Por IbiJus - Instituto Brasileiro de Direito em 19/05/2020 | Penal | Comentários: 0

Anna Paula Cavalcante G Figueiredo

Tags: Proceso Penal, Código Penal, prisões cautelares, cautelares diversas da prisão, sistema penitenciário, Covid-19;

alt-text

Desde que criadas pela Lei nº 12.403, de 2011, as medidas cautelares diversas da prisão (art. 319, caput, CPP) têm sido um campo de batalha árduo para a advocacia criminal.

E agora, mais do que nunca, o pleito pelo deferimento dessas medidas é um desafio. Em meio à crise COVID-19 é dever da advocacia zelar pela garantia da excepcionalidade das prisões cautelares. É preciso deixar claro que essas medidas, ao menos tempo, garantem: (1) a proteção cautelar necessária ao devido processo legal e (2) o afastamento da prisão processual quando não estritamente necessária.

As cautelares substitutivas, por força legal, devem ser utilizadas de forma prioritária às prisões processuais. Assim, podem ser uma importante ferramenta para que o Judiciário pátrio possa conter a disseminação do novo coronavírus dentro do sistema penitenciário. E, evitando-se a difusão da crise sanitária nas prisões, evita-se, ao mesmo tempo, a superlotação do sistema de saúde público, como já refletimos em pílula anterior.

Por isso, nossa sugestão é que os pedidos de substituição sejam feitos, observadas as disposições legais. Inclusive, é interessante trazer no pleito a indicação das cautelares diversas pretendidas. Além de deixar clara a possibilidade de que o juiz optar por outra, de forma isolada ou cumulada.

Precisamos ser incisivos em nossos pleitos para resguardar o direito dos nossos clientes de terem sua liberdade privada ao longo do processo apenas em situações excepcionalíssimas, quando as circunstâncias de fato indicam a necessidade e urgência do aprisionamento provisório.

Até a próxima pílula e não se esqueça de nos seguir no Instagram (@instuto_ibijus) para participar de nossas lives direcionadas à advocacia criminal.

Forte abraço!


Referências:

Decreto-Lei nº 3.689, de 3 de outubro de 1941. Código de Processo Penal. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/del3689compilado.htm >.

Seguir este artigo

Sobre o autor

IbiJus - Instituto Brasileiro de Direito

Perfil dedicado à criação de conteúdo para o Blog.


Cursos relacionados

ADB PRO 2.0

Método prático para alcançar honorários extraordinários e estabilidade financeira na advocacia

Márcio Vieira - Advogado, professor, mestre em direito. Mais de 20 anos de experiência com direito bancário.

Rafael Corte Mello - Advogado, professor, mestre em direito. Mais de 20 de experiência na advocacia de litígio.

Investimento:

R$ 1.997,00

Turma: ADBPRO 2.0 - Junho/2020

Código: 558

Mais detalhes

A petição inicial perfeita

Como escrever uma petição que todo juiz gosta de ler e com isso aumentar as chances de ter seus pedidos acolhidos

José de Andrade Neto - Juiz de Direito desde 2002. Diretor de Ensino e Coordenador do projeto Audiências Online

Inscrições gratuitas

Ao vivo: 10/06/2020 10:00

Turma: Junho/2020

Código: 565

Mais detalhes

Mais artigos de IbiJus - Instituto Brasileiro de Direito

Comentários 0

Você precisa estar logado para comentar neste artigo.

Fazer login ou Cadastre-se