alt-text alt-text

Painel tributário: Um bom advogado tributarista não precisa ser especialista em cálculos!


Por IbiJus - Instituto Brasileiro de Direito em 18/03/2021 | Direito Tributário | Comentários: 0

Anna Paula Cavalcante G Figueiredo

Tags: advocacia tributarista, Direito Tributário, recuperação de créditos tributários.

Painel tributário: Um bom advogado tributarista não precisa ser especialista em cálculos!


Olá amigos e amigas tributaristas, tudo bem?

Hoje vamos debater uma questão que aflige a advocacia quando falamos em Direito Tributário e ações de recuperação de créditos tributários: cálculos! 

Um bom tributarista não precisa ser especialista em cálculos. Ele precisa saber fechar boas parcerias com profissionais da Contabilidade! 

Sabemos que muitos questionam essa afirmação, mas queremos mostrar para vocês o porquê partimos dessa premissa. 

Primeiro ponto que precisamos refletir: conhecer as minúcias dos cálculos contábeis não é da expertise da advocacia. As carreiras contábeis e da advocacia tributarista certamente possuem pontos de convergência, mas é preciso entender que o contador é o profissional que lida com o tributo primando pelo seu recolhimento conforme a lei. 

De outro modo, na advocacia o tributo será encarado sobre um aspecto mais confrontador. Nas ações de recuperação de créditos tributários, por exemplo, o trabalho do advogado ou da advogada tributarista é defender os interesses de seus clientes diante de cobranças ilegais, indevidas ou a maior. 

Assim, sabendo que o trabalho com cálculos é recorrente dentro das lides tributárias, sobretudo nas de repetição do indébito tributário, é preciso se ter em mente que as parcerias entre advogados e contadores são “o mundo ideal” a ser perseguido.

E mais: da mesma forma em que a advocacia se vê ávida por encontrar profissionais especialistas em cálculos e nas minúcias contábeis; também temos no mercado profissionais da Contabilidade que buscam parcerias com a advocacia, para que as ações tributárias necessárias sejam propostas. 

Por isso, reafirmamos: é normal que a apresentação de cálculos a clientes deixe a advocacia apreensiva. De fato, essa não é a nossa expertise. Podemos até manejar cálculos mais simples, de estimativa; mas uma perícia ou instrução processual requerem conhecimentos que devemos buscar em parceiros.

Esperamos que a nossa reflexão seja útil para vocês e que possamos contribuir, cada vez mais, com as suas qualificações profissionais. Contem conosco para isso!

Aproveitamos para convidar vocês a participar do Canal Telegram IbiJus exclusivo para o compartilhamento de questões relacionadas à advocacia de recuperação de créditos tributários. Acesse: https://bit.ly/3sZ83zd 

Abraços,

Equipe IbiJus


As opiniões expostas neste artigo não refletem necessariamente a opinião do Ibijus


Sobre o autor

IbiJus - Instituto Brasileiro de Direito

Perfil dedicado à criação de conteúdo para o Blog.


Cursos relacionados

AdvExpert: Simples Nacional na prática

Método prático e aplicado da advocacia no Simples Nacional

Investimento:

R$ 1.197,00

Assista agora!

Turma: ASNPPER

Código: 786

Mais detalhes

Workshop LGPD sem segredos

Treinamento prático para adequação de empresas à LGPD

Inscrições gratuitas

Turma: Maio/2022

Código: 824

Mais detalhes

NovaAdv - Advocacia Trabalhista - Módulo 1

Faça sua inscrição e assista ao módulo completo

Investimento:

R$ 49,90

Assista agora!

Turma: Módulo 1 - Advocacia Trabalhista

Código: 666

Mais detalhes
Comentários 0

Você precisa estar logado para comentar neste artigo.

Fazer login ou Cadastre-se