Advocacia: um mercado saturado ou carente?


Por Marcos Relvas em 21/11/2018 20:02 | Comentários: 0

Anna Paula Cavalcante G Figueiredo

 

Caríssimo, muito bom dia! Como é bom dialogar com você sobre assuntos que são do interesse geral da advocacia brasileira. Hoje quero refletir sobre uma aflição de muitos advogados, especialmente os que estão em início de carreira.

É muito comum eu ser indagado por colegas que se sentem inseguros em investir na sua carreira pelo medo da saturação do mercado para advogados. 

Ora caríssimo, de fato o nosso mercado se encontra em um patamar muito individualizado: dados do Conselho Federal da OAB de 2016 contabilizaram que somos mais de 1 milhão de advogados no país. Além disso, no Brasil possui um número elevadíssimo de cursos de Direito em relação a outros países do mundo. De fato os números impactam e nos levam a refletir se realmente há espaço para todos esses profissionais no mercado.

Bom, eu quero te dizer uma coisa. Apesar desses números exorbitantes, o mercado da advocacia é, na realidade, carente. Ai você me pergunta, como assim professor? Carente com mais de 1 milhão de advogados?

Sim, nosso mercado é carente de profissionais especializados, que buscam se diferenciar para trazer aos seus clientes uma proteção eficiente de seus direitos. Para esse tipo de advogado o mercado é muito promissor e está em franca expansão. 

Entendo que um grande erro de muitos colegas é a falta de construção de uma atuação  especializada, voltada para uma seara específica do Direito. A generalização de serviços pode implicar em grande prejuízo à carreira do advogado, trazendo um volume alto de demandas e poucos resultados financeiros. 

Por isso, a minha principal dica para você advogado em início de carreira ou para você que já possui uma experiência, mas quer ampliar seus resultados, é pensar uma estratégia de trabalho que busque a sua especialização em um ramo específico do Direito. Torne-se um expert naquilo que você pretende trabalhar e eu tenho certeza que você será um advogado diferenciado no mercado. 

No mais, meu querido colega, mãos às obras! Não se abata em razão de números. Trabalhe duro para que você consiga se tornar um advogado diferenciado no mercado! 

Até a nossa próxima reflexão! 

 

Professor Instituto IbiJus

Marcos Relvas

Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCC (1984) e mestrado em Direito pela Universidade de Franca - UNIFRAN (2004). Possui MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS (2004). Publicou o livro Comércio Eletrônico Aspectos Contratuais da Relação de Consumo - Editora Jurua (2005). Foi Coordenador da pós-graduação em Direito da Universidade de Cuiabá - UNIC e Professor de Direito na graduação na Faculdade Afirmativo de Cuiabá e Universidade Federal de Mato (...)

Outros artigos de Marcos Relvas

Comentários

Para comentar este artigo basta fazer login ou cadastrar-se gratuitamente!