Posso ficar com o nome sujo por dívida de pensão alimentícia?


Por Inara de Pinho em 17/05/2016 | Direito Civil | Comentários: 0

alt-text

Pode. O novo CPC estabelece o protesto judicial pelo descumprimento da decisão que fixa a pensão alimentícia.

Assim, caso o executado não efetue o pagamento em três dias, não prove que o efetuou ou não apresente justificativa da impossibilidade de efetuá-lo, o juiz mandará protestar o pronunciamento judicial, aplicando-se, no que couber, o disposto no art. 517, do novo Código de Processo Civil. (Art. 528 § 1º, NCPC).

Quer saber mais sobre o tema?

Participe da palestra do Prof. Márcio Vieira “Mas, afinal, o que mudou na execução de alimentos no novo CPC?” 

É gratuita e você pode participar ao vivo de onde estiver, pois a transmissão é on line para todo o Brasil. Ao final, o palestrante responderá perguntas dos participantes.

Faça sua inscrição no link: http://www.ibijus.com/curso/89-ciclo-de-debates-sobre-o-novo-cpc

Seguir este artigo

Sobre o autor

Inara de Pinho

Mestre em Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Especialista em direito público, gestão florestal e de recursos hídricos. Mais de 20 anos de carreira construída a partir da advocacia empreendedora e na docência do ensino superior. No Ibi Jus atua com a gestão acadêmica, coordenando a equipe de professores e a criação de cursos/eventos de extensão, primando pela oferta de conteúdos aplicados à prática da advocacia com foco na busca de resultados. Como advogada, auxilia empresas na gestão jurídica-ambiental. É consultora do Centro de Excelência em Gestão, atuando especialmente com a gestão empresarial sustentável, voltada para a obtenção e manutenção de certificações ambientais. Faz parte da equipe de auditores da área de meio ambiente da multinacional Bureau Veritas Certification.


Cursos relacionados

ADB PRO 2.0

Método prático para alcançar honorários extraordinários e estabilidade financeira na advocacia

Investimento:

R$ 1.997,00

Turma: ADB PRO 2.0 - Agosto/2020

Código: 586

Mais detalhes

ADVOGANDO NA CONSTRUÇÃO CIVIL

Método prático para advogar no nicho da CONSTRUÇÃO CIVIL e formar uma carteira de clientes rentáveis

Investimento:

R$ 1.297,00

Turma: Agosto/2020

Código: 587

Mais detalhes

DIREITO 4.0: ferramentas úteis para a nova advocacia

Como melhorar a performance do advogado

Inscrições gratuitas

Ao vivo: 19/08/2020 10:00

Turma: Agosto/2020

Código: 588

Mais detalhes

Mais artigos de Inara de Pinho

Comentários 0

Você precisa estar logado para comentar neste artigo.

Fazer login ou Cadastre-se