alt-text

Professor Instituto IbiJus

Uberaba

Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas

Advogado militante no Foro em Geral e nos Tribunais Superiores com mais de 40 anos de experiência. Assessor Jurídico na Associação Comercial e Empresarial de Minas - ACMinas desde 1980. Sócio Fundador do CUNHA PEREIRA & ABREU CHAGAS - Advogados Associados desde 1976. Consultor Home Office. Tributarista. Autor de vários livros na área. tributária. Conferencista. Professor.


Curriculo Lattes
Seguir professor
Publicações

Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas

Advogado militante no Foro em Geral e nos Tribunais Superiores com mais de 40 anos de experiência. Assessor Jurídico na Associação Comercial e Empresarial de Minas - ACMinas desde 1980. Sócio Fundador do CUNHA PEREIRA & ABREU CHAGAS - Advogados Associados desde 1976. Consultor Home Office. Tributarista. Autor de vários livros na área. tributária. Conferencista. Professor.


Experiência profissional

  • ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE MINAS - ACMINAS

    ASSESSOR JURÍDICO

    04/1984 até o momento - Belo Horizonte - BRASIL

    Consultoria Jurídica nas áreas empresarial e tributária, com elaboração de pareceres por escrito e atendimento pessoal e on line aos associados da Entidade. Atualmente atuo home office. Admitido em abril de 1980.

  • CUNHA PEREIRA & ABREU CHAGAS - ADVOGADOS ASSOCIADOS

    Sócio-Fundador

    12/1984 até o momento - Belo Horizonte - BRASIL

    Atuando na prática forense, no Foro em Geral e Tribunais Superiores, nas áreas Empresarial, Comercial e Tributária. Atuamente atuo home office.

  • FEDERAÇÃO DOS TRABALHADORES NA AGRICULTURA DO ESTADO DE MINAS GERAIS - FETAEMG

    ASSESSOR JURÍDICO

    01/1984 à 02/1988 - Belo Horizonte - BRASIL

    Consultor jurídico.

  • PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA - PUC MINAS

    PROFESSOR

    02/1984 à 12/1998 - Belo Horizonte - BRASIL

    Professor de Direito e Legislação para o Curso de Economia.

  • SEBRAE MINAS

    CONSULTOR

    01/1987 à 12/1989 - Belo Horizonte - BRASIL

    Consultoria Jurídica aos associados.

  • PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE - PBH

    Membro da Junta de Recursos Fiscais

    02/1988 à 12/1990 - Belo Horizonte

    Membro da Junta de Recursos Fiscais da PBH, Tribunal Administrativo de Segunda Instância, representando o contribuinte no julgamento de Recursos Administrativos.

  • SENAI MG

    PROFESSOR

    02/1990 à 12/1992 - Belo Horizonte - BRASIL

    Lecionei a disciplina Noções de Direito para o curso técnico.

  • COLÉGIO LOGOSÓFICO GONZÁLEZ PECOTCHE

    PROFESSOR

    02/1984 à 11/1985 - Belo Horizonte - BRASIL

    Lecionei a matéria Direito e Legislação para o curso profissionalizante.


Formação acadêmica

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA - PUCMINAS
Advogado

1979 à 1979 - Belo Horizonte - Brasil

Curso de Graduação em Direito iniciado em 1971 e com término em 1976.


Artigos em destaque

Multa GFIP - Denúncia Espontânea

Em verdade, a Secretaria da Receita Federal do Brasil autuou muitas empresas em todo o país, pela entrega em atraso da Guias de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social – GFIP relativas aos anos de 2009 e 2010. A multa foi ...

Por Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas em 08/09/2020 | Comentários: 0

ICMS/ISSQN - Distribuição de água por caminhões

Essa dualidade ICMS e ISS sempre foi um tema tormentoso e tanto a doutrina quanto a jurisprudência apontam posições distintas, posto que a legislação não define, com clareza os limites de um e outro imposto. Há decisões de Tribunais entendendo ...

Por Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas em 28/07/2020 | Comentários: 0

Locação de bens móveis - Tributos incidentes

A empresa consulente afirma que presta locação de um Scanner e sempre emitiu NF. Indaga: “quais são os impostos que incidem, no caso de emissão de recibo? Trata-se de uma locação de Scanner, um bem móvel. Nota-se que recibo anexado à presente ...

Por Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas em 28/07/2020 | Comentários: 0

É crime declarar e não recolher o ICMS, em tempo de Pandemia?

Em decisão polêmica e conflitante, o Supremo Tribunal Federal considerou crime a atitude do empresário que declara e não recolhe o ICMS. (ver artigo publicado no Jus Navigandi: PRISÃO POR DÉBITOS TRIBUTÁRIOS - CRIME POR FALTA DE PAGAMENTO DO ICMS ...

Por Marco Aurélio Bicalho de Abreu Chagas em 21/07/2020 | Comentários: 0