alt-text alt-text

Educação é o que faz a diferença!


Por Ana Paola Almeida em 23/10/2019 | Aperfeiçoamento Profissional | Comentários: 0

Tags: Carreira Jurídica, Fatores de poder.

Educação é o que faz a diferença!

 

Ok. Parece muito lugar comum e ultrapassado eu estar falando sobre a importância da educação para o sucesso profissional, quando outros estão escrevendo sobre “Legal Tech” e como a inovação tecnológica poderá tirar nosso emprego.

Todavia, pelo que tenho visto no meu dia a dia, não adianta nada falarmos sobre robôs que irão nos substituir em um futuro próximo, se no presente temos uma mão de obra tão despreparada.

Sim. Convivo fisicamente e online com profissionais que, honestamente não tenho muita certeza se estavam acordados nas aulas de processo civil. E somente não tenho certeza porque as boas maneiras não me permitem ser tão indelicada e literalmente fazer esta pergunta!

Mas, falando de forma positiva, como podemos lidar com isto?  Como podemos mudar este recorte atual da realidade da nossa profissão?

Porque para ser um bom profissional é imprescindível ter uma boa educação formal. Não há o que questionar neste ponto.

A revista Forbes, inclusive, no mês de agosto de 2018, trouxe uma matéria sobre “Os melhores CEOS do Brasil”, e para complementar o tópico, publicou outra sobre: “Como se tornar um CEO de sucesso” por Lucas Borges Teixeira.

As duas matérias são ótimas e recomendo a leitura, mas o que mais me chamou a atenção foi o subtítulo da segunda, sobre como se tornar um CEO de sucesso, que transcrevo aqui:

“O executivo moderno tem de saber se comunicar, liderar equipes e inspirar os funcionários – tudo isso sem perder de vista as tendências dos mercados interno e global. A resposta para essa complicada equação tem nome: educação”

Você pode se perguntar: mas eles estão falando sobre executivos e eu sou um advogado. Não preciso saber das tendências dos mercados interno e global. Esta matéria não se aplica a minha carreira.

Ledo engano caro amigo! Você só irá sobreviver se fizer a diferença, se conhecer não apenas a parte jurídica do negócio do seu cliente, mas as novidades, os concorrentes e muitas vezes até mesmo outros setores que fazem parte do mundo do seu cliente. E para ter este conhecimento já bem consolidado você precisa que o conhecimento jurídico já esteja profundamente dominado, ou seja, tudo começa pela educação.

Aí eu volto a minha pergunta inicial: como falar em conhecimento de mercado, pós-graduação, MBA, se os atuais (boa parte) profissionais não possuem nem mesmo uma boa graduação?

Porque antes de falarmos em MBA precisamos falar do alicerce, e ele está totalmente desestruturado.

Com a proliferação do número de faculdades de direito, 1.200, segundo dados recentes, o Brasil é o país com mais cursos de Direito no mundo, sendo que, se algumas destas faculdades nem sempre oferecem o básico a seus alunos, como esperar do formando que ele se destaque?

Para mim só há um caminho: use a faculdade e os professores como parceiros, mas estude sozinho, faça muito mais que é pedido para você. Nota 7,0 é para pessoas medíocres (leia-se medianas), você precisa de um 10 com louvor, você precisa ler o dobro do exigido, pesquisar muito mais do que seus amigos. Fazer uma imersão no mundo jurídico, conhecer os doutrinadores, os advogados que se destacam na área, os magistrados que fizeram história.

Porque meu amigo, a vida é uma selva, e a lei da seleção natural vale na área jurídica também. Não deixe para pensar em se preparar quando já estiver formado e procurando por um emprego ou talvez depois de empregado. Você pode ter cursado uma faculdade mais ou menos e ter um emprego? Claro. Mas tenha certeza que este emprego também será mais ou menos.

Então, antes de exigir de seu empregador, ou mesmo do mercado um excelente emprego, com uma ótima remuneração, bônus e reconhecimento dos seus pares, comece pelo início: tenha uma excelente educação formal. Tudo, absolutamente tudo começa por aí.

E lembre-se: você é quem faz a faculdade. Não adianta estudar em uma faculdade de prestígio se você não se esforçar, se não fizer a sua parte. Do outro lado, você pode toda diferença tendo estudado em uma faculdade sem prestígio, mas ter sido um aluno excepcional.

Como quase tudo na vida, está nas nossas mãos nos tornarmos as pessoas que queremos.

Mas, por favor, façam rápido. Estou cansada de lidar com tantos profissionais despreparados que dificultam e muito, não apenas a minha vida, mas o mercado como um todo.

E não pensem que eu me coloco acima do bem e do mal aqui. Eu estou sempre correndo atrás de novidades, estudando as mudanças que acontecem todos os dias, me aprimorando, porque aprender é um processo contínuo, mas precisamos sair da zona de conforto, precisamos entregar mais do que nos é pedido, precisamos aumentar nosso sarrafo para que as coisas aconteçam.

Então, caro amigo, é você mesmo, mãos à obra, bora estudar mais, bora ser inesquecível. Faça acontecer. ESTUDE!

 

As opiniões expostas neste artigo não refletem necessariamente a opinião do Ibijus


Sobre o autor

Ana Paola Almeida

Advogada especializada em propriedade intelectual, coaching, especialista em marketing pessoal e consultora interna na área de gestão legal. Estrategista em Gestão de Marcas Pessoais na Advocacia (Personal Branding) Tenho 25 anos de experiência como advogada e 9 anos como consultora em gestão legal.


Cursos relacionados

NovaAdv - Advocacia Trabalhista - Módulo 1

Faça sua inscrição e assista ao módulo completo

Investimento:

R$ 49,90

Assista agora!

Turma: Módulo 1 - Advocacia Trabalhista

Código: 666

Mais detalhes

NovaAdv - Advocacia Trabalhista - Módulo 2

Faça sua inscrição e assista ao módulo completo

Investimento:

R$ 49,90

Assista agora!

Turma: Módulo 2 - Advocacia Trabalhista

Código: 667

Mais detalhes

NovaAdv - Advocacia Trabalhista - Módulo 3

Faça sua inscrição e assista ao módulo completo

Investimento:

R$ 49,90

Assista agora!

Turma: Módulo 3 - Advocacia Trabalhista

Código: 668

Mais detalhes
Comentários 0

Você precisa estar logado para comentar neste artigo.

Fazer login ou Cadastre-se