Nova súmula do STJ sobre recurso especial

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou, nesta sexta-feira (1º), a Súmula 579.  O enunciado ficou definido da seguinte forma: “não é necessário ratificar o recurso especial interposto na pendência do julgamento dos embargos ...

Por Márcio dos Santos Vieira em 05/07/2016 | Comentários: 0

Quer mais produtividade para o seu escritório de advocacia?

Invista na gestão! Afinal um escritório de advocacia é um negócio que demanda uma administração empreendedora e estratégias de marketing, sem, contudo, que isso viole os preceitos éticos da O...

Por Inara de Pinho em 01/07/2016 | Comentários: 0

Prazos do novo CPC não devem valer para os Juizados Especiais

Embora não concordemos com esse entendimento, essa foi a decisão tomada pelo CNJ quando da entrada em vigor do novo CPC. A ideia do CNJ é prestigiar a celeridade, valor inerente aos Juizados Especiais Cíveis (Lei 9.099/95). Nossa discordância te...

Por Rafael Corte Mello em 27/06/2016 | Comentários: 0

Consumidor não é obrigado a comprar só a pipoca vendida pelo cinema

O STJ, ao julgar o Resp nr 1.331.948/SP, fixou o seguinte entendimento: “É prática abusiva impor ao consumidor a exclusiva aquisição de alimentos vendidos em cinemas.” Ou seja, quem quiser tem o direi...

Por Márcio dos Santos Vieira em 20/06/2016 | Comentários: 0

Cuidado com o início da contagem do prazo de CONTESTAÇÃO no PROCEDIMENTO COMUM do CPC/15.

Prazo: 15 dias (art.335)  (I) REGRA GERAL a contar da audiência de conciliação/mediação, não obtido acordo; (II) SE O RÉU PETICIONAR PEDINDO PARA NÃO HAVER AUDIÊNCIA: do protocolo do pedido de cancelamento da audiência. (III) SE NÃO FOR POSSÍVE...

Por Rafael Corte Mello em 20/06/2016 | Comentários: 4

O juiz pode julgar parte do mérito antes da decisão final do processo?

No novo CPC pode. É possível o julgamento antecipado parcial do mérito, desde que:• o pedido se mostre incontroverso;• não haja necessidade de produção de outras provas;• o réu for revel, presumindo-se verdadeiras as alegações de fato formuladas ...

Por Inara de Pinho em 10/06/2016 | Comentários: 0

Posso ficar com o nome sujo por dívida de pensão alimentícia?

Pode. O novo CPC estabelece o protesto judicial pelo descumprimento da decisão que fixa a pensão alimentícia. Assim, caso o executado não efetue o pagamento em três dias, não prove que o efetuou ou não apresente justificativa da impossibilidade d...

Por Inara de Pinho em 17/05/2016 | Comentários: 0

Posso compensar os honorários quando a sucumbência for recíproca?

Embora a súmula 306 do STJ, que ainda está em vigor, defina exatamente esta possibilidade, o novo CPC veda expressamente que a sentença determine a compensação dos honorários quanto a sucumbência for recíproca.  É o que diz o seu artigo 85, §14: ...

Por Inara de Pinho em 03/05/2016 | Comentários: 0

Posso deixar para o juiz fixar o valor dos danos morais?

Na vigência do Código de Processo Civil de 1973 era comum que o requerente fizesse um pedido genérico e deixasse ao arbítrio do juiz o valor da indenização por danos morais. No novo CPC essa prática não pode mais. O valor da causa, nas ações inde...

Por Inara de Pinho em 27/04/2016 | Comentários: 0

Tributos indevidos em conta de energia elétrica podem ser cobrados pelo consumidor

Esse é um dos temas da nova ferramenta do Superior Tribunal de Justiça chamada de Pesquisa Pronta. Trata-se do resultado, em tempo real, de pesquisa feita pela Secretaria de Jurisprudência sobre determinados temas jurídicos, organizados por ramos ...

Por Inara de Pinho em 15/04/2016 | Comentários: 1

Próximo evento

Workshop: Como advogar em Direito Bancário

Workshop 100% gratuito sobre uma metodologia comprovada para advogar em dívidas bancárias

Começa em: