Coaching Jurídico

Comunicação Positiva na Advocacia

O CED trata do tema "urbanidade" de modo particular nos artigos 44 e 45.

Art. 44: "Deve o advogado tratar o público, os colegas, as autoridades e os funcionários do Juízo com respeito, discrição e independência, exigindo igual tratamento e zelando pelas prerrogativas a que tem direito".
Art. 45: "Impõe-se ao advogado lhaneza, emprego de linguagem escorreita e polida, esmero e disciplina na execução dos serviços".

O Código de (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 26/03/2019 16:45 | Comentários: 0

Procrastinação na Advocacia

Segredos Revelados

 

Quase todos os advogados possuem algo que precisa ser feito, e que é procrastinado. Brian Tracy, um dos mestres da gestão do tempo, indica em seu livro “descasque seu abacaxi”, que não adianta ficar carregando sacolas de abacaxis de um lado para o outro. Uma hora você vai ter que descascar ou terá que desistir de comer os benditos abacaxis.

Se você já tentou andar por aí com abacaxis nas mãos, sabe que é uma experiência pouco (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 12:25 | Comentários: 0

Advogo sozinho(a). E agora?

Primeiro você faz um atendimento, depois começa a redigir uma petição, logo após segue para uma audiência, de repente está na fila do banco para levantar aquele alvará tão sonhado, em seguida corre para o escritório ao lembrar que tem que protocolar o recurso que o embalou na madrugada...


Muitos advogados optam por atuarem sozinhos, como autônomos, por razões diversas. A primeira delas é o fato de escritórios de advocacia, (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 11:00 | Comentários: 0

O segredo dos advogados que cobram consultas todos os dias

 

Apenas 2% dos advogados liberais conseguem cobrar consulta sem resistência. Normalmente o cidadão marca uma hora, relata o caso em mínimos detalhes, mostra documentos, menciona nomes, datas, cenários, recebendo um atendimento educativo e acolhedor por parte do causídico, que por sua vez, só fica satisfeito quando testemunha o suspiro de alívio do cidadão desesperado, tal qual a segurança gerada pelo seu esclarecimento (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 10:43 | Comentários: 0

Advocacia da incerteza

Gerenciando o medo do fracasso

 

Sabe quando você está fazendo o seu melhor, dentro do que você acredita que vai funcionar na advocacia, mas o resultado não chega, e quando chega, não é suficiente para resolver efetivamente os problemas?

Talvez, em algum momento, você acreditou que havia feito a melhor escolha elegendo o direito, mas eis que percebe que lidar com 1 Milhão e 200 mil concorrentes (fora os paralegais) pode ser a tarefa mais difícil da sua (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 10:42 | Comentários: 0

O Direito admite, mas o comportamento demite!

Por que o foco no jurídico (e não em você) pode acabar com a sua Advocacia

 

A maioria das perdas de contratos jurídicos ocorrem por falha de desempenho e conflitos relacionais, todavia, curiosamente, 79% dos advogados priorizam os cursos jurídicos quando decidem melhorar na carreira.

O Direito é uma ferramenta intrínseca ao trabalho do advogado, mas não determina, por si só, o seu sucesso, isso porque a maior queixa dos advogados se refere a gestão profissional, e não a insegurança acadêmica.

(...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 10:39 | Comentários: 0

Advocacia Bird Box

As informações aqui contidas destinam-se exclusivamente àqueles dispostos a tirar a venda.

 

A cada ano, 25% a 40% dos advogados manifestam algum processo crônico de estafa mental, sendo o stress, a maior causa de prejuízo funcional e afastamento das atividades jurídicas.

Atualmente, cerca de 30% dos novos escritórios jurídicos encerram as atividades em menos de um ano.

Frequentemente eu recebo centenas de e-mails de colegas relatando que a carreira não decola, e que a cada dia que passa o desânimo com a profissão (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 10:35 | Comentários: 0

Advogando sem dinheiro: é possível ser feliz no vermelho?

 

Hoje vamos debater a questão “É possível ser feliz advogando no vermelho?”

Para advogados evoluídos espiritualmente, aqueles do tipo “desapegados”, a falta de clientes, os boletos acumulados, o ônibus lotado, o nome negativado, a conta bancária zerada, o apartamento minúsculo, o “não” para o filho, o “não podemos” para a esposa, o paletó surrado e o furo na sola de sapato, não são realmente problemas.

Mas e para nós, meros (...)

Por

Thaiza Vitoria

em 01/02/2019 10:33 | Comentários: 0