Direito Tributário: quais são as oportunidades de carreira?


Por Marcos Relvas em 31/10/2016 14:49 | Comentários: 0

Sempre tenho falado como a área do Direito Tributário tem ganhado espaço no mercado.

Mesmo no complicado momento econômico que gerou 12 milhões de desemprego no país, a área tributária continua crescendo e atraindo cada vez mais colegas de profissão.

O curso de Direito é um dos mais procurados no Brasil. E por isso é importante, durante o curso, descobrir qual área você desenvolve mais aptidão para que você se aperfeiçoe nela, após a formação e para que ela seja a sua área de atuação.

Apesar disso sabemos o quanto é difícil começar uma carreira, independente da área. Mesmo escolhendo a área que gostaria de atuar, nem sempre é nela que você consegue o primeiro emprego.

Mas não desanime. Vá com calma, mantendo o foco e seguindo sempre em frente.

Nesse artigo, vou me aprofundar mais na área do Direito Tributário, e dentro dele quais são as carreiras existentes e possíveis de se seguir.

Quando um estudante se forma e consegue sua tão sonhada licença da OAB, ele pode seguir por 3 caminhos distintos. Cada um com seus benefícios e pontos a se pensar.

Esses caminhos exigem muita dedicação e empenho por parte do profissional. Por isso, recomendo que você não escolha apenas por interesse, possibilidades de ganhos financeiros, ou rotinas de trabalho.

Mesmo amando o que fazemos a vida já é difícil, imagina se escolhemos nosso caminho pensando apenas nos pontos positivos?! Pense nisso antes de qualquer decisão. São elas:

  1. Prestar um concurso público;
  2. Ser contratado por um grande escritório de advocacia e fazer carreira com os clientes da empresa;
  3. Montar seu próprio escritório e conseguir seus clientes.

Dentre essas opções o ideal é pensar no que você gostaria, e planejar o seu futuro profissional, visando seus conhecimentos e habilidades.

Abaixo segue o comentário de cada uma dessas opções e quais são os pontos positivos e os desafios de cada uma.

Carreira pública

O que mais atrai as pessoas nessa opção é a estabilidade que um cargo público pode trazer para sua vida. Pessoas que gostam de manter a vida toda dentro de uma rotina e  os benefícios de um cargo público acabam atraindo muitos colegas para essa carreira.

E outra novidade que vem chamando atenção de muitos profissionais é o fato de que os cargos públicos deixaram de ser apenas pessoas batendo ponto e contam com sólidos planos de carreira.

Isso permite que os profissionais mais dedicados acabam se sobressaindo sobre os outros e tendo mais sucesso na carreira.

Mas a caminhada para o tão sonhado cargo público não é fácil.

Muito estudo, disciplina e dedicação são necessários para conseguir passar nas provas com uma boa colocação e garantir a sua vaga. Até porque, em último caso, a colocação determina o momento em que você será chamado para tomar posse em seu cargo.

E precisamos lembrar ainda, que as vagas para as áreas do direito, são umas das mais concorridas. Portanto, o concurso público pode ser mais desafiador do que o seu vestibular e a prova da OAB juntos, dependendo da área que você quer seguir.

Carreira privada

Bem diferente da carreira pública, a privada não dá garantias de quanto tempo você permanecerá no cargo ou qual será seu plano de carreira.

A estabilidade fica a desejar e muitas vezes os benefícios também.

Mas é importante lembrar que no Brasil, temos grandes empresas na área do direito e multinacionais em geral, que estão sempre com programas voltados para os interessados.

Um dos pontos positivos de fazer carreira na área privada é ter sua carreira construída por etapas, a partir de um plano sugerido pela própria empresa.

E muitos deles se iniciam ainda na faculdade, com os estágios. Ou logo após a conclusão do curso, com os famosos programas de trainee.

Com dedicação e muito trabalho, os profissionais conseguem atingir altos cargos e salários durante sua história dentro de uma grande empresa, tornando-se, muitas vezes, por conta de seu talento profissional e dedicação, sócio de grandes corporações do direito.

Negócio próprio

Tão (ou mais) desafiador do que as outras opções, abrir o próprio negócio requer habilidades conjuntas. Você precisa aprender sobre empreendedorismo, planejamento, marketing, networking e vendas.

Certamente, você vai precisar trabalhar muito mais no início, porque tudo irá depender de você.

Começar do zero pode parecer intimidador, mas tem suas vantagens. Gerir o próprio negócio te traz liberdade para direcionar sua forma de trabalho, gerenciar suas causas e prospectar clientes com os quais gostaria de trabalhar.

Aliás prospectar deve ser uma palavra recorrente no seu vocabulário, pois tendo o seu escritório é importante ter noções de marketing e das regras determinadas pela OAB referente a divulgação do trabalho de um advogado e do escritório. É um desafio grande e que requer conhecimento.

Ainda precisamos lembrar que no Brasil, 95% dos negócios fecham antes de completar 5 anos de vida, e que você vai precisar de muito foco e determinação para conquistar o seu espaço.

Se de um lado temos o concurso, do outro, os processos seletivos, aqui temos o desafio da provação diária, de dar resultado e encontrarmos formas para atingirmos nossas metas.

Afinal, apesar de ser o país com o maior potencial empreendedor do mundo, temos as maiores barreiras ao empreendedorismo do mundo.

Nenhuma decisão vai te dar um caminho apenas de felicidades pela frente

Uma dica final: se você optar pelo caminho do escritório próprio, saiba que dentro do direito tributário, há maneiras de prospectar clientes sem infringir as leis da OAB. Eu tenho algumas dicas sobre como prospectar clientes sem infringir o estatuto da OAB.

Independente do caminho que você escolher seguir, saiba que muita dedicação e foco serão necessários para encarar os desafios do dia-a-dia. Boa sorte nas escolhas de sua carreira e até o próximo artigo. 

Cursos relacionados

Seminários sobre recuperação de tributos

Seminários sobre recuperação de tributos

Entenda como recuperar multa de 10% do FGTS, ICMS (TUST/TUSD) e INSS indevidos

Marcos Relvas - Mestre em Direito do Estado no Estado Democrático de Direito

Turma: 16 de agosto/2017 - Código: 233

Inscrições
gratuitas

Professor Instituto IbiJus

Marcos Relvas

Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCC (1984) e mestrado em Direito pela Universidade de Franca - UNIFRAN (2004). Possui MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS (2004). Publicou o livro Comércio Eletrônico Aspectos Contratuais da Relação de Consumo - Editora Jurua (2005). Foi Coordenador da pós-graduação em Direito da Universidade de Cuiabá - UNIC e Professor de Direito na graduação na Faculdade Afirmativo de Cuiabá e Universidade Federal de Mato (...)

Outros artigos de Marcos Relvas

Comentários

Para comentar este artigo basta fazer login ou cadastrar-se gratuitamente!